GARBO DIVINA NO TEATRO SERAFIM GONZALEZ – PRAIA GRANDE

em

Garbo Divina do premiado ator e diretor Roberto Cordovani no Palácio das Artes

 A inesquecível atriz da idade de ouro de Hollywood povoou um mundo oculto de emocionantes segredos. GARBO DIVINA revela as complexas e íntimas conexões que se ocultavam sobre a personagem pública de Greta Garbo, o maior mito do cinema. Na concepção do espetáculo Garbo Divina o discurso do feminino é perturbador.

O texto define a misteriosa estrela (e sua obsessão pela intimidade), as estranhas regras que estabeleceu para aqueles que permitiu olhar dentro do seu templo de solidão e o fim prematuro de sua carreira cinematográfica.

Neste panorama, a nova montagem ganha força, com o intuito de retratar a pessoa, o mito, a solidão e os envolvimentos políticos e amorosos do maior ícone da indústria cinematográfica de todos os tempos. Garbo é um nome de grande poder de convocatória de público e imprensa na Europa, onde a CIT Arte Livre reside há 27 anos.

Texto original de Roberto Cordovani, trilha sonora e cenários virtuais de Bruno Portela, o espetáculo transporta o público a referências históricas de Los Angeles das primeiras décadas da “Hollywood de Ouro”, utilizando ações com efeitos de luz e a tecnologia cria recortes cinematográficos para retratar a vida de Greta Garbo, o maior mito do cinema internacional, revelando verdades que nunca foram mostradas.

Correspondências privadas, arquivos do FBI guardados durante muito tempo e uma série de documentos são revelados neste espetáculo em uma sucessão de aventuras que se mantiveram na estrutura do poder da indústria cinematográfica. Greta Garbo foi uma das dez estrelas de Hollywood suspeitas de permanecer no Partido Comunista na metade do século XX.

O espetáculo tem direção de Bruno Portela e Roberto Cordovani, premiado como melhor ator de Londres, Madri, Festival Internacional de Edimburgo e Santiago de Compostela por interpretar papéis femininos, dentre eles a própria Greta Garbo.

A estréia na Europa foi em 20 de fevereiro no Teatro Principal em Santiago de Compostela, seguindo tournée pelo continente europeu.

 Imagem

Ficha técnica:

Autor…………………………………………………….Roberto Cordovani

Espaço cênico……………………………………….Roberto Cordovani e Bruno Portela

Figurinos……………………………………………….CIT Arte Livre e Daíse Neves  

Cenário virtual e trilha sonora……………..  . .Bruno Portela

Direção…………………………………………………Roberto Cordovani e Bruno Portela

Fotos…………..Mary Quintero, Miguel Mattos, Xoán Piñón e Antonio Guerreiro

Produção executiva no Brasil………………….Vitória Ângela

Projeto de luz………………………………………..Roberto Cordovani

Duração do espetáculo…………………………..1h 15min

Classificação indicativa…………………………..Maiores de 14 anos

Modalidade…………………………………………..Adulto

Gênero…………………………………………………Drama

 

Sobre a Cia. Arte Livre:

Companhia Internacional de Teatro de Repertório Arte Livre (CIT Arte Livre) www.citartelivre.tk: Fundada em 1981 em São Paulo a Cia Arte Livre está radicada desde 1985 na Espanha. Desde essa época percorreu nove países apresentando-se em 320 cidades européias e conquistou, sempre em português, 14 prêmios internacionais, transformando-se em uma das mais estáveis companhias teatrais brasileiras na Europa. O convide para residir na Europa se deu quando a Cia foi convidada a encerrar o Festival Fitei, na cidade do Porto, em Portugal, com o espetáculo Amar, Verbo Intransitivo, que foi considerada a melhor peça daquele ano. Atualmente a Cia reside na cidade de Vigo, na Galícia, Espanha, onde há cinco anos mantêm um teatro que leva o nome da Cia. Dentre os inúmeros espetáculos encenados pela Cia destacam-se: Olhares de Perfil, O Mito de Greta Garbo, com este espetáculo a Companhia já se apresentou mais de 1.500 vezes entre América do Sul e Europa e ganhou prêmios como o de melhor ator de Londres, Madrid, Santiago de Compostela e Escócia e Dr. Jekyll & Mr. Hyde, uma super produção que estreou mundialmente no Teatro Arte Livre em Vigo, percorrendo Galícia, Murcia e Londres. A Cia encenou ainda algumas peças como: O Retrato de Dorian Gray, de Oscar Wilde; Todos os Homens, e Eva Perón, o espetáculo. Olhares de Perfil, recebeu diversos prêmios de melhor espetáculo e melhor ator para Roberto Cordovani nos festivais: Fitei, de Portugal (1987); Festival Internacional de Teatro Galego Português, na Espanha (1987); Festival Internacional de Teatro de Edimburgo, na Escócia (1988); Festival Carrefour de L’ Europe, na França (1988); e Festival Charrington London Fringe Awards, na Inglaterra (1989), entre outros.

A última vez que estiveram no Brasil foi em 2001, com os espetáculos Olhares de Perfil (O mito de Greta Garbo), Os Efeitos dos Raios Gama nas margaridas do campo, ambos no T.B.C e Lola, o musical proibido pelo nazismo, no Teatro Popular do SESI em São Paulo.

“Nossa intenção é voltar pelo menos uma vez por ano ao Brasil para apresentar nossos espetáculos e também levar trabalhos daqui para se apresentarem lá no nosso teatro”, finaliza o diretor, que informa a Cia ficará no Brasil até dezembro e, neste período, farão apresentações de O Retrato de Dorian Gray em mais de 10 cidades, completando ao todo 50 apresentações.

 

Roberto Cordovani:

Ator, autor, diretor, iluminador e produtor teatral. Fundador da Companhia Arte Livre do Brasil, em São Paulo, em 1981, e desde 1985 na Europa. Viajou com seus espetáculos por 9 países e 360 cidades da Europa. Como ator recebeu os Prêmios Compostela de Teatro, Festival de Outono de Madrid, Prêmio no Festival de Edimburgo e de melhor ator de Londres. Foi o primeiro latino a receber estas condecorações. Na Galícia dirigiu e representou, entre outras, as seguintes obras: Dr. Jekyll & Mr. Hyde, Olhares de Perfil (O mito de Greta Garbo), O Retrato de Dorian Gray, Todos os Homens, Eva Perón, o espetáculo, Isadora Duncan, Orlando, Belle Otero (O corpo que fala), Aurora Rodríguez e a sua filha Hildegard, Evita, Eva Perón, A volta do Parafuso, O Efeito dos Raios Gamma nas Margaridas do Campo, Infâmia As Bruxas de Salem, Aladín Perdido na Galiza. Autor do livro Teatro brasileiro na Galícia (Universidade da Coruña, 2002), é diretor e fundador do Teatro Arte Livre en Vigo e Dr.Jekyll e Mr.Hyde.

 

 

Bruno Portela:

Diretor da Cia Internacional de Teatro de Repertório Arte Livre, ator, produtor teatral e iluminador estudou teatro na escola Arte Livre, dirigida por Roberto Cordovani e desde 2009 já atuou, produziu e participou em diversos espetáculos teatrais, dentre eles: Orlando (Virgínia Wolf), Isadora Duncan (A revolução na dança), O Quarto de Giovanni (James Baldwin), Os Efeitos dos Raios Gama nas Margaridas do Campo (Paul Zindel), Eva Perón, o espetáculo (Roberto Cordovani), A Gaivota (Anton Tchecov), Dr. Jekyll & Mr. Hyde (Robert Louis Stevenson), A Volta do Parafuso (Henry James), Garbo Divina (Roberto Cordovani).

 

Serviço:

Garbo Divina

 

Única apresentação, 20 de julho às 21h

Duração: 1h15 minutos

Recomendação: 14 anos

Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia entrada) (www.ingressorapido.com.br)

Teatro Serafim Gonzalez – Palácio das Artes – Praia Grande 

Avenida Costa e Silva, nº 1.600 – Boqueirão

Tel. 34731016

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s