XV FESCETE – FESTIVAL DE CENAS TEATRAIS

Categoria Adulto

Dia 21 – Cenas: El Cortiço de Emanuella (Bertioga, SP); A Claque (Praia Grande , SP); Um Bonde (Santos, SP); Rosas Azuis (Santos, SP)

A Cia Programa Vida Saudável apresentou El Cortiço de Emanuella, texto original, um exercício cênico que percorre o universo das grandes telenovelas mexicanas. A tentativa de colocar música ao vivo não funcionou, ficou baixo demais e não conseguíamos ouvir uma palavra do que a letra queria dizer. É necessário a sonorização ou colocar o elenco todo cantando, como sugeriu Tanah Corrêa. A cena começa com um homem rico a beira da morte rodeado de parentes interessados apenas na herança que será deixada pelo moribundo. O elenco estava inseguro com as falas em espanhol/portunhol. A iluminação não foi bem utilizada, ajudando no aumento de informações  causada também pelo cenário, politicamente correto (De garrafas pets), porém exageradamente utilizado, competindo com a quantidade de pessoas em cena. O figurino estaria perfeito se olhassem mais para o acabamento. Alguns com tamanho maior do que o ator, outros pequenos demais. De uma comédia que poderia tirar muitos risos da platéia, a apresentação deixou a desejar.

COC Novomundo apresentou A Claque de Paulo Jordão que conta a história de um grupo de pessoas que tentam sobreviver a mais um dia de convivência e esperança de mudanças. A Claque – profissão cada vez mais escassa, que ensaia constantemente esperando o pagamento de um trabalho cada vez mais esquecido. A utilização do palco como um todo dificultou a identificação com a platéia. Talvez se trouxesse a cena para o proscênio ajudaria o público a entrar mais no espetáculo. A luz não foi bem pensada ajudando a distanciar ainda mais o público, ampliando o espaço cênico desnecessariamente. O elenco está muito bem afinado com o texto, revelações são apontadas entre as atrizes. Seguras, tentam se sobressair numa direção que não as ajuda. O figurino muito bem acabado e valorizando cada personagem. A utilização das placas deve ser mais explorada. Talvez quando for montado o texto integral, possamos aproveitar mais desse trabalho que tem um elenco afinado e talentoso.

O Grupo Arte e Estudo apresentou Um Bonde, cena retirada de Um Bonde Chamado Desejo de Tennessee Williams. A direção optou utilizar tablados para limitar a cena, ajudada pela iluminação muito bem trabalhada. Eu repensaria as marcas, muita movimentação em cena. O texto de Tennessee já é cheio de simbolismos, imagético e a utilização de mais simbolos deve ser muito bem pensada para não ficar absoleto, desnecessário, gratuito. A direção deveria reconhecer o material humano que tinha para trabalhar, optando por outros meios para valorizar a interpretação que muitas vezes não convenceu. Acredito que antes de ousar com Tennessee, deveríamos saber colocar em cena o que ele já pede em seus textos.

A Cia Acro de Teatro apresentou Rosas Azuis, ultima cena retirada de A Margem da Vida de Tennessee Williams. A direção (Ana Paula Silva) acertou ao buscar exatamente o que o autor propõe, limitando a movimentação em cena, utilizando o silêncio adequadamente, a simplicidade dos gestos e trazendo todo o conflito interno das personagens a tona, sem super interpretações. Foi sugerido pelo Tanah e eu concordo, em repensar a deficiência física da personagem Laura que aliás foi muito bem interpretada por Paola Caruso, criando um jogo cênico interessante com o ator Leandro Taveira, que fez um Jim na medida certa, nervoso no início da cena mas não comprometendo na sua totalidade.  A luz valorizou a cena, dando exatamente o clima proposto pelo autor. O cenário e o figurino também foram bem trabalhados, belíssimo carrossel.  Pra mim a melhor cena da noite. 

Platão Capurro filho

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s